quinta-feira, 28 de novembro de 2013

Boas notícias e muita, muita felicidade!

Ei, gatinhas 'u' Tô na "dieta da maçã", conhecem? Basicamente, você come de duas a três maçãs por dia, durante uma semana. A dieta promete eliminar 6 kg! O máximo, né? E eu tô precisando TANTO. Acho que será o meu milagre de fim de ano, hihi. Vocês estão bem? Eu to muito melhor, como dá pra perceber. Ingerir menos que 300 kcal por dia me deixa animada e me mostra que eu sou capaz de controlar algo na minha vida.
Amanhã é meu ultimo dia na escola/trabalho. Vou ficar na casa do meu pai até dia 11, e aí eu viajo. Acho que comentei aqui antes, vou pro ES prestar a federal de lá pra psicologia. Tô super empolgada com a idéia de ficar longe de tudo por onze dias. Vou poder fazer minhas dietas, ficar longe de tudo que me faz mal e organizar meus pensamentos.
Fiz duas provas importantes terça e quarta e espero ter ido bem, se eu conseguir ao menos um 8, passo de ano ‘u’ Bem, torçam por mim. Amanhã eu tento postar rapidinho. Meu notebook está no concerto e vou tentar pegá-lo no sábado, mas como imprevistos acontecem... Se eu sumir, já sabem. Mas eu vou dar um jeitinho.


Cuidem-se!

sábado, 23 de novembro de 2013

Pt. 1

E então, porque somos assim? Temos uma lógica tão falha, tão cega e infantil. Sou a unica a acreditar que transtornos alimentares NÃO são amigos? Eu penso em morrer, penso em me machucar, penso em tudo que me destrói por dentro, então como isso é bom? Vejo as "novatas" idolatrando e levando essa história de Ana/Mia na brincadeira, adotando como estilo de vida. Isso mata, sabe?

Perdoem chegar assim, mas como todo mundo aqui, tenho passado pela fase "vida de merda". Ganhei 2kg, choro sempre que estou sozinha e me sinto cada vez mais repugnante e feia. Quem nunca, né? Uma coisa me chateou bastante agora pouco, minha irmã de 11 anos está mostrando claros sinais de anorexia, e meu pai não vê. Eu peguei ela jogando a unica refeição do dia no lixo. Ela é só osso e parece estar obcecada com isso. 11 anos... nessa idade eu pensava em doces e Polly. 
Ando vendo diversos canais de comunicação abordando o tema anorexia. Seria essa, de alguma fora, uma influência? Estou preocupada. 
Não me sinto à vontade agora pra falar sobre superficialidades do meu dia, mas logo eu volto e prometo ser mais... tranquila e agradável. O foco hoje é apenas fazer um apelo: Meninas, se tiverem como, NÃO entrem nessa! Anorexia não é uma coisa boa. Mata! Busquem outras formas de se sentirem bem. Acreditem, isso é como se atirar num abismo que termina no inferno.

sexta-feira, 1 de novembro de 2013

Alô, sexta-feira.

Hoje teve uma festa aqui na clínica e ficaram me vigiando. Não deu outra: tive que comer. Falhei tragicamente no primeiro dia do desafio, mas isso NÃO vai me fazer desistir. Vou compensar em exercícios e amanhã reduzo ao máximo as calorias para me adequar.  
Ontem eu ia contar sobre a peça, mas acabei desanimando. Sei lá, ando tão... Avulsa. No geral, acho que está tudo bem. Esse final de semana eu queria descansar, mas estou com milhares de trabalhos do colégio e não posso vacilar. O melhor é que estou sem computador em casa. E agora? Haha. Enfim, e vocês?
Não falo sobre a peça porque não vale à pena. Um dos atores deu um testemunho sobre como parou com as drogas, e, ahn, ele estava claramente chapado. Foi trágico.
Bom, é isso. Amanhã e domingo estarei sozinha e vou ficar firme no desafio. Pretendo ensaiar algumas coreografias e relaxar, terminar uns livros, arrumar meu guarda-roupa. Já disse que eu sou apaixonada por dança? Não sou nenhuma bailarina, mas já fiz aulas de balé quando era pequena e é uma coisa que me fascina. Quando Todo o Mal passar, eu pretendo voltar às aulas e tomar isso como um hobby de verdade, hihi. Outra coisa, cês sabem de algum grupo no Whatsapp? Ao que me parece as meninas que cuidam dele deram uma sumida, e eu fiquei chupando dedo. Quem puder me dar um auxílio... eu sou meio desesperada com esse tipo de coisa, haha. Enfim.

Até segunda, meninas ;=;
 

©2009 AIN'T IT FUN? | by TNB